Sinônimo de irmandade e determinação, Amadeu Texeira deixa saudades e legado de união e amor ao esporte amazonense

Jogadores e amigos foram se despedir do técnico mais longevo à frente de um mesmo clube, tendo entrado para o Livro dos Recordes. Foto: PMS

Considerado um dos grandes nomes do esporte amazonense, Amadeu Teixeira Alves, 91, deixou um grande legado de aprendizagem é determinação ao futebol amazonense.

O ex-técnico e um dos fundadores do América Esporte Clube, Amadeu Teixeira foi velado no Ginásio Poliesportivo que voltará a receber o seu nome, em sua homenagem.

Durante o cerimonial fúnebre, amigos, familiares e pessoas ilustres prestaram suas últimas homenagens, e não pouparam adjetivos para classificar a história deixada pelo treinador-lenda.

Última lembranças

Lembrado por todos pela sua garra e a determinação que conduziu o time no futebol amazonense, o pioneiro Amadeu muitas vezes usou a união e irmandade para driblar as faltas de recursos enfrentados para manter a equipe nos campeonatos.

Thales Vercosa, presidente do Rio Negro Clube, disse que se perdeu um dos grandes esportistas do Amazonas e talvez um dos últimos dirigentes que viveram em apenas um clube, que foi o América Futebol, fundado por ele e pelo irmão dele, Artur, e que sustentou até quando pode.

“O esporte amazonense deve se regozijar por ter tido o Amadeu como exemplo. Apesar da partida, estamos alegres porque tivemos ele conosco”.

Amaury Luiz Almeida, ex-goleiro do América, Olímpico, Fast, Nacional, Rio Negro e Rodoviário, definiu Amadeu como paizão. “Fui para o América com 15 anos, e com 17 já fazia parte do profissional. Toda minha vida esportiva agradeço ao Amadeu Teixeira. Ele deixou um legado de irmandade, de solidariedade, amizade, compreensão para o futebol. Para o esporte amazonense deve ser reconhecido muitos anos por isso”.

Trabalho e dedicação

Clovis Alves da Silva Filho, que trabalhou no América durante 22 anos, também tinha o treinador como um segundo pai. “Foi um grande profissional, meu segundo pai. Um homem íntegro, que daqui a 100 anos não vai aparecer um igual. Gostava de tudo direito. Não tinha ganância. Vivia com o América mantendo o time a trancos e barrancos. Nunca baixou cabeça e nunca deixou de trabalhar. Ele foi o que mais fez jogador dentro de Manaus e para a fora”.

Para o jogador e esportivas Djalma Daniel, o treinador foi amado e querido por todos. “Ele ensinou tudo o que sabia. No futebol amazonense fez até o que não podia fazer. Educado, só temos a contar histórias boas para os amazonenses e para jogadores. Ele pregava união e força de vontade”, afirmou.

Pai e guru profissional do ex-esportista Juscelino Maciel, Amadeu Teixeira foi responsável por sua profissionalização. “Ele é um ícone do futebol e sua partida foi uma perda para o esporte. Perdemos uma lenda. A gente fica pensando em todas as lembranças e de como é ser homem de caráter. Ele tinha uma prancheta e dizia com ela tudo o que acontecia no jogo. E falava, ‘Nego velho, vamos jogar futebol'”, contou Maciel.

Texto: David Batista

 

Veja também

Méritos de Amadeu Teixeira vão além do beija-mão pós-morte Méritos do treinador foi cultivar a cordialidade e humildade de juntar as coisas em torno do AméricaAmadeu Teixeira, ex-treinador do América Futebol Clube, falecido terça-feira (07/11), foi um dos desportistas amazonenses mais reconhecidos em vida. Quando Flaviano Limon...
América, torcedores e símbolos, presente na última homenagem a Amadeu Teixeira. Veja foto América, paixão de Amadeu, foi lembrado na bandeira e até em camisas de torcedoresO sepultamento do ex-treinador Amadeu Teixeira, que faleceu ontem (07/11), será realizado às 16h30 de hoje, no cemitério São João Batista. Ele é o único amazonense com um recorde, o de mai...
Aclea pede homenagem a Amadeu Teixeira com um minuto de silêncio durante jogo Vasco x Santos Aclea fez pedido para homenagem ao técnico mais longevo a comandar um mesmo time de futebol, Amadeu Teixeira: um minuto de silêncio durante o jogo Vasco x Santos, hoje, pelo Brasileirão. Foto: DivulgaçãoDurante a rodada do Campeonato Brasileiro desta quarta-feira (8), d...
Manaus terá luto oficial de três dias pela morte de Amadeu Teixeira. Veja nota de pesar Amadeu Teixeira homenageado com luto oficial de três dias pela Prefeitura de ManausO vice-prefeito de Manaus e prefeito em exercício, Marcos Rotta, anunciou luto oficial de três dias em Manaus. É a homenagem da Prefeitura pelo falecimento do desportista Amadeu Teixeira....
Amadeu Teixeira terá nome mantido em Arena onde família decidiu realizar o velório Amadeu e a neta, Bruna Parente, dirigente do AméricaO nome do ex-treinador Amadeu Teixeira, que faleceu esta noite, será mantido no ginásio de esportes e shows ao lado da Arena da Amazônia. Havia recomendação, do Ministério Público Federal (FPF), para que o nome fosse r...

Um comentário para “Sinônimo de irmandade e determinação, Amadeu Texeira deixa saudades e legado de união e amor ao esporte amazonense

  1. Ruth mota disse:

    Foi um grande homem do esporte amazonense.👏👏👏

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook