Justiça Federal determina bloqueio de bens de ex-prefeito Angelus Figueira e mais quatro pessoas

Justiça Federal determinou o bloqueio de bens do ex-prefeito de Manacapuru, Angelus Figueira, do seu vice, e de mais três pessoas, atendendo pedido do MPF em decisão cautelar, por desvio de verbas públicas federais. Foto: Arquivo

A Justiça Federal determinou o bloqueio de bens do ex-prefeito do município de Manacapuru (distante 86 quilômetros de Manaus) Angelus Cruz Figueira, do ex-vice-prefeito Afrânio Pereira Júnior, de William Lins de Albuquerque, José Martins de Souza Júnior e Maria Gorette Negreiros Gomes.

A decisão cautelar atendeu a pedido do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM), que apontou desvio de verbas públicas federais em convênio para obras no município. O objetivo da decisão é assegurar que, ao final do processo, os danos causados pela ação dos acusados sejam ressarcidos.

Obra não concluída

O MPF apontou que os recursos públicos eram destinados a execução de obras de contenção de erosão e urbanização da avenida Eduardo Ribeiro, em Manacapuru, sob gestão do então prefeito Angelus Cruz Figueira.

A obra estava prevista para ser entregue em janeiro de 2003, e de acordo com visitas técnicas realizadas por engenheiros do Ministério da Integração Nacional (MI), apenas 75% da obra foi realizada.

Cheques emitidos

De acordo com a decisão, observou-se discrepância entre os cheques emitidos pelo ex-prefeito Angelus Cruz Figueira e pela então secretária municipal Maria Gorette Gomes; o atesto de conclusão de obra firmado por Afrânio Pereira Júnior, e a prestação apresentada por ele ao Ministério da Integração Nacional.

Já William Lins de Albuquerque, proprietário da empresa responsável pela execução da obra, confessou que recebeu o valor integral das verbas do convênio.

Os recursos federais repassados foram atualizados segundo os parâmetros do Sistema Nacional de Cálculos do Ministério Público Federal e totalizaram R$ 6.745.95,35. O processo tramita sob número 003739-23.2017.4.01.3200. Cabe recurso da decisão.

Veja também

Preso acusado de assassinato em Manacapuru. Ele foi detido quando lavava roupa usada no crime A equipe da Força Tática do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Manacapuru prendeu, em flagrante, nas primeiras horas desta sexta-feira (19), Joel Soares de Oliveira, 27, acusado de homicídio no momento em que o mesmo estava lavando a roupa usada na hora do delito.Du...
Operação Carão tem seis presos por tráfico e mais de 100 motos são apreendidas sem documento em Mana... Seis pessoas foram presas por envolvimento com o tráfico de drogas doméstico no interior. Fotos: Erlon Rodrigues PC-AMSeis pessoas foram presas e até o momento 122 motocicletas e 20 carros acabaram apreendidos durante a Operação "Carão", parte da "Alegoria Proibida", de...
Violação de direitos de imigrantes venezuelanos no Brasil será tema de missão do CNDH Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) irá em missão aos estados do Pará, Amazonas e Roraima para verificar a situação dos direitos humanos dos imigrantes venezuelanos que têm ingressado no território. Foto: DivulgaçãoDe 18 a 26 de janeiro, o Conselho Nacional do...
Sifuentes entra em férias e liminar pedida por José Melo será decidida por Leão Alves Melo e Edilene estão no presídio comum, em celas isoladas. Foto: DivulgaçãoA desembargadora Monica Sifuentes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região de Brasília (TRF1), relatora do Habeas Corpus do ex-governador José Melo e da sua esposa, Edilene Oliveira, entrou de ...
MPF pede condenação da ex-superintendente da Suframa Flávia Grosso e outros cinco réus MPF-AM pediu condenação de Flávia Grosso por improbidade administrativa. Ele pediu exoneração da Suframa em 2011, quando foi feita a denúncia. Foto: DivulgaçãoO Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas pediu a condenação de Flávia Skrobot Barbosa Grosso, ex-superint...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook