Mais 11 municípios das calhas do Juruá, Purus e Madeira saem do alerta de seca. Veja vídeo

Defesa Civil retirou da situação de alerta e de atenção 11 cidades do interior do Amazonas em relação à estiagem. Foto: Divulgação

A Defesa Civil do Amazonas retirou nesta segunda-feira (6), da “Situação de Alerta e Atenção”, 11 municípios das calhas do Juruá, Purus e Madeira, que estavam em análise hidro meteorológica, por conta da estiagem.

“Considerando as informações climatológicas e hidrológicas, apresentadas pelos órgãos oficiais de monitoramento como o Sipam (Sistema de Proteção da Amazônia) e (CPRM) Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, e ainda o aumento gradativo das precipitações em todo o Estado do Amazonas e consequente recuperação do nível dos rios, retiramos os municípios do Alerta e Atenção, já que pelos dados, não haverá evolução do cenário de estiagem este ano”, explicou o Secretário da Defesa Civil do Amazonas, Fernando Pires Junior.

Saem do “Alerta” nove municípios: Canutama, Boca do Acre, Lábrea e Pauiní, localizados na calha do Purus. Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Itamarati e Envira, da calha do Juruá. Dois municípios deixam a “Situação de Atenção”: Humaitá e Manicoré, ambos localizados na calha do Madeira.

As bacias

No mês de outubro, era esperado o aumento no volume de chuvas na Bacia do Juruá, com média de 188 mm. Até o dia 31, foi registrado 153 mm, 18% abaixo do esperado.

Cruzeiro do Sul, no Acre, estação de referência para a região, se manteve acima do nível de 3,00 metros nos últimos três meses, e tem gradativamente recuperado o volume normal do rio, configurando o final do período de vazante. Nas Bacias do Purus e Madeira, o comportamento dos rios é semelhante.

Veja também

Famílias afetadas por desbarrancamento em Iranduba recebem madeira da Defesa Civil Aproximadamente 54 famílias do assentamento Costa do Catalão, em Iranduba (a 34 quilômetros de Manaus), afetadas por desbarrancamento de terras, serão beneficiadas com a doação de 20 metros cúbicos de madeira, realizada pela Defesa Civil do Amazonas.O material entregue a...
Onze municípios do Juruá, Purus e Madeira entram em “Estado de Atenção” pela seca Na calha do Juruá, o Município de Guajará é uma das 11 cidades que entraram em "Estado de Atenção" por conta da vazante dos rios, com redução de chuvas e do volume de água na região. Foto: Divulgação Defesa Civil AMA Defesa Civil do Amazonas, por meio do Centro de Monit...
Barcelos e São Gabriel da Cachoeira estão em situação de emergência por conta da estiagem O município de Barcelos, conhecido como reduto de pesca esportiva.O Ministério da Integração Nacional (MI), por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), reconheceu situação de emergência em dois municípios do Amazonas por causa da estiagem do come...
Defesas civis do Estado e dos municípios se unem para combater cheia e estiagem no Amazonas Com quase 50 mil pessoas atingidas pela estiagem em quatro municípios amazonenses, em um momento em que os rios deveriam apresentar níveis elevados, as defesas civis do Estado e dos municípios do Amazonas se movimentam para criar um plano de ação unificado para enfrentar pos...
Governo repassa R$ 1,2 milhão para municípios em emergência pela seca Governador José Melo verifica as 200 toneladas de alimentos não perecíveis que serão encaminhadas aos municípios da calha do Rio Negro. Foto: Valdo Leão/Secom.O Governo do Amazonas, por meio da Defesa Civil do Estado, começou nesta terça-feira (23/02) a entrega da ajuda...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook