Deputado Serafim abre contabilidade e mostra quanto cada Prefeitura do AM recebeu dos governos Estadual e Federal. Veja o seu Município

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) tem incomodado muitos prefeitos do interior com as publicações mensais editadas pelo seu gabinete, a respeito dos repasses federais e estaduais depositados nas contas das Prefeituras.

Os dados mostram o volume de recursos que todos os 62 municípios do Amazonas, inclusive a capital Manaus, receberam do Governo Federal e também do cofre do Governo do Estado, referente aos repasses de IPVA, ICMS, Royalties e IPI. Trata-se de repasses constitucionais e obrigatórios.

De janeiro a outubro, esse montante já ultrapassa os R$ 5 bilhões, dos quais R$ 1,84 bi do Governo do Estado e R$ 3,18 bilhões do Governo Federal.

Somente em outubro, Manaus desponta com R$ 225,8 milhões, dos quais R$ 130,7 milhões são provenientes de verbas transferidas pelo Governo do Estado e R$ 95 milhões de verbas federais.

Além de Manaus, as cidades de Coari, Itacoatiara, Manacapuru, Parintins e Tefé aparecem no topo dos seis municípios que reúnem o maior volume de recursos recebidos das duas esferas a dois meses para o término do ano.

Ranking de repasses do Governo Federal para o Amazonas em outubro/2017

Manaus – R$ 95 milhões

Coari –R$ 10.458.100,71

Itacoatiara – R$ 7.603.391,13

Manacapuru – R$ 7.378.271,45

Parintins – R$ 7.315,757, 46

Tefé – R$ 6.985.525,53

Os dados derrubam a tese alardeada por muitos prefeitos de que não há recursos para o pagamento do funcionalismo público. Na avaliação do parlamentar o que falta às Prefeituras é uma orientação técnica que seja suficiente para assegurar que os prefeitos possam investir os recursos atendendo aos preceitos legais e ao mesmo tempo atender às necessidades da população.

“Há casos como o de Itacoatiara por exemplo, em que o prefeito Peixoto tem recursos guardados do Fundeb mas não consegue realizar projetos para aplicar o valor em caixa e a lei diz que ele não pode guardar mais do que 5%”, disse o parlamentar.

Com o término do ano, a Prefeitura de Itacoatiara corre o risco de ter que devolver o recurso, caso não seja utilizado.

Confira abaixo quanto a Prefeitura do seu Município recebeu em outubro:

Veja também

Manaus vai sediar encontro da ANS sobre regulação de Planos de Saúde A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está preparando mais uma edição do Encontro ANS, evento direcionado aos agentes do setor para discutir temas relacionados à regulação do mercado de planos de saúde. A atividade ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de novembro, em Ma...
Amazonas é destaque no encerramento da COP23, na Alemanha  O “Amazonas for the planet program”, lançado pelo Governo do Amazonas na 23ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP23), em Bonn, na Alemanha, foi destaque nesta sexta-feira (17/11), no encerramento do evento. Com a participação de 197 países empenhad...
Governo do Amazonas inicia processo de licitação para construir três novos presídios no interior do ... Foto: Stéfany Seixas/ SeapPor determinação do governador Amazonino Mendes, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) encaminhou à Comissão Geral de Licitação (CGL) processos para abertura de certame visando a contratação de empresas especializad...
Uma surpresa Eis senão quando, vejo-me “autor”. Conto como ocorreu o fenômeno: agindo à sorrelfa, numa trama digna de “thriller” cinematográfico, meus quatro filhos reuniram alguns destes escritos que eu cometo semanalmente, convenceram uma editora e publicaram o conjunto em forma de um ...
Arthur defende liberação da maconha, homossexuais e privatização. E pode renunciar em abril Arthur está de boltanao belho estilo que polemiza e inquietaA Revista Exame, da Editora Abril, coloca o prefeito Arthur Virgílio entre os que renunciarão em abril de 2018. O jornal espanhol El País é mais contundente. Mostra um Arthur que defende da privatização total à...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook