Hérnia abdominal é agravada por obesidade. Veja como prevenir e tratar

Dor e desconforto na região abdominal, principalmente após um esforço físico, pode significar um sinal de alerta de que algo não vai bem com a saúde. O médico Márcio Cortez, especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo e Cirurgia Bariátrica, explica que a hérnia da parede abdominal em obesos está cada vez mais comum nos consultórios médicos. Aproximadamente 8% dos pacientes candidatos a cirurgia bariátrica apresentam hérnias da parede abdominal. A doença ocorre quando parte de um tecido ou órgão se desloca, através de um orifício, chamado de anel herniário, e invade um espaço indevido do organismo.

“Isso acontece devido ao enfraquecimento do tecido protetor dos órgãos internos do abdômen, resultado de um problema congênito, ou pode estar também associado à obesidade, que deixa a parede abdominal fragilizada”, explica o especialista amazonense, que irá falar sobre o melhor momento para tratar a hérnia da parede abdominal em um dos maiores encontros mundiais de profissionais de cirurgia bariátrica e metabólica, o Obesity Week, que acontecerá no dia 2 de novembro, em Washington (EUA).

O maior perigo da hérnia surge quando há a união de dois fatores: grande volume do órgão deslocado – aumentando o conteúdo no saco herniário – e anel herniário estreito, o que dificulta o vai-e-vem do órgão. Esta situação faz com que o conteúdo fique preso e sujeito a provocar o estrangulamento herniário, que implica na torção das alças intestinais. A torção pode provocar obstrução intestinal, que tem como sintomas as cólicas abdominais e a dificuldade para eliminar gases e fezes.

O médico alerta que o quadro é muito grave e exige cirurgia em caráter de urgência, pois a compressão dos vasos sanguíneos promove a gangrena da alça intestinal torcida e a sua ruptura. Consequentemente, ocorre uma infecção grave que se estende para a cavidade peritoneal, fazendo um quadro de peritonite aguda. Diante disso, a cirurgia é emergencial, pois há risco de morte.

Prevenção

A prevenção da hérnia da parede abdominal passa pelo hábito de ter uma postura ereta, principalmente sempre que for levantar pesos, pela manutenção de um peso saudável, alimentação saudável e a prática regular de exercícios físicos, ajudando a reforçar os músculos abdominais e, principalmente, controlando o peso.

O especialista em Cirurgia do Aparelho Digestivo e Cirurgia Bariátrica ressalta que a obesidade é, sem dúvida, um problema de saúde pública e que vem acompanhado de complicações graves que pioram a condição de vida e podem até matar, como diabetes, hipertensão e a esteatose, mais conhecida como gordura no fígado.

A obesidade atinge um em cada cinco brasileiros, segundo dados do Ministério de Saúde. Para se ter uma ideia, em dez anos, a população obesa no país passou de 11,8%, em 2006, para 18,9% em 2016.

Tratamento

Cortez aponta que, atualmente, não existe, na literatura e nem nos eventos especializados, um consenso sobre o melhor momento para tratar a doença em pacientes obesos, se é antes, durante ou após a cirurgia bariátrica. E, isso é algo que deve ser avaliado pelo médico, pois o paciente já sofre muitas limitações por causa da obesidade e da hérnia.

Durante a avaliação, o especialista deverá levar em conta diversos fatores, entre eles, as características da hérnia e o grau de obesidade. “O paciente pode apresentar uma hérnia pequena que no momento da cirurgia bariátrica posso operar e isso não afetará o tratamento para a obesidade. Entretanto, um procedimento num paciente com Índice de Massa Corpórea (IMC) acima de 50 não é aconselhável, principalmente, se o diâmetro do orifício herniário é maior de oito centímetros, tornando a cirurgia desfavorável e impactando no tratamento dele”, afirmou o cirurgião.

Veja também

Uma surpresa Eis senão quando, vejo-me “autor”. Conto como ocorreu o fenômeno: agindo à sorrelfa, numa trama digna de “thriller” cinematográfico, meus quatro filhos reuniram alguns destes escritos que eu cometo semanalmente, convenceram uma editora e publicaram o conjunto em forma de um ...
Arthur defende liberação da maconha, homossexuais e privatização. E pode renunciar em abril Arthur está de boltanao belho estilo que polemiza e inquietaA Revista Exame, da Editora Abril, coloca o prefeito Arthur Virgílio entre os que renunciarão em abril de 2018. O jornal espanhol El País é mais contundente. Mostra um Arthur que defende da privatização total à...
Nove proprietários de estabelecimentos comerciais são autuados durante a operação ‘Gás Seguro ... A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente e Urbanismo (Dema), sob o comando do delegado Bruno Hitotuzi, titular da especializada, deflagrou nesta sexta-feira (17/11), por volta das 9h, em um conjunto habitacional situ...
Detran-AM retira mais 36 ônibus irregulares do transporte coletivo e Sinetram alega que planilha de ... Detran ganhou reforço da OAB para exigir regularização dos ônibus que operam no sistema de transporte coletivo. Foram retirados de circulação veículos irregulares de cinco empresas. Fotos: Divulgação Detran-AMO Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) g...
Ministro amazonense do STJ manda prender presidente de TCE e cancela viagem a Manaus Ministro Mauro Campbell ficou à disposição do STF no julgamento de HC de presidente de TCEO ministro Mauro Campbell, amazonense, integrante do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ficou impedido de vir a Manaus. Ele era um dos principais convidados do Simpósio Nacional d...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook