David Almeida garante que próximo governador receberá o Estado bem melhor

O governador David Almeida, que votou neste domingo, 27, pela manhã, na Escola Estadual Antônio de Lucena Bittencourt, na Betânia, zona Sul de Manaus, disse que tem convicção de que estará entregando o Estado bem melhor do que recebeu para o próximo governador. O governador destacou, ainda, que a partir desta segunda-feira, 28, começa a montar a equipe de transição que passará todas as informações ao novo governador.

“Cada dia para mim é um desafio. A cada dia de trabalho que for me permitido realizar e fazer pelo povo do Amazonas eu vou fazer. Eu tenho a convicção de que vamos entregar o Estado bem melhor do que recebemos para o próximo governador. Amanhã ou terça já temos números a passar sobre o crescimento da nossa arrecadação, a geração de empregos no nosso Estado. Coisas boas para passar à população”, destacou.

De acordo com o governador David Almeida, o novo governador vai receber o Estado com números expressivos e com a máquina funcionando. Isso porque o Estado, no mês de julho, equilibrou os gastos com pessoal, saindo, pela primeira vez, em dois anos e três meses, desde que começou a crise econômica no Brasil, do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) com a folha de pagamento dos servidores. Significa que o Amazonas tem saúde financeira, porque gasta com salários e benefícios previdenciários abaixo dos 46,5% que a LRF estipula como gasto prudente.

“Nós temos uma condição à nível nacional bem diferente dos demais estados do nosso país e ainda sim é possível fazer gestão e administração pública, assim como investimentos, pois o Estado ainda tem, salvo engano, acredito que R$ 420 milhões para investir. E o novo governador vai ter essa possibilidade de investir na cidade de Manaus e no interior. E que não me venha com essa história de emergência. A partir de amanhã já monto uma equipe de transição para passar as informações para o novo governador que terá acesso aos números exatos que nós estamos vivendo”, ressaltou. 

No segundo turno, segundo o governador David Almeida, o clima nas ruas não foi de otimismo, mas que a vontade do povo deve ser respeitada. “Existe um clima de tranquilidade na cidade, sem aquele clima acirrado de campanha. Eu vinha no caminho para a escola e também não sentia motivação nenhuma, muito menos aquela participação popular que a gente vê sempre nas ruas. Isso me causou uma estranheza. Mas eu quero pedir que o eleitor possa comparecer as urnas para votar e escolher o nosso representante e o próximo governador do Estado”, comentou.

Veja também

Manaus vai sediar encontro da ANS sobre regulação de Planos de Saúde A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está preparando mais uma edição do Encontro ANS, evento direcionado aos agentes do setor para discutir temas relacionados à regulação do mercado de planos de saúde. A atividade ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de novembro, em Ma...
Amazonas é destaque no encerramento da COP23, na Alemanha  O “Amazonas for the planet program”, lançado pelo Governo do Amazonas na 23ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP23), em Bonn, na Alemanha, foi destaque nesta sexta-feira (17/11), no encerramento do evento. Com a participação de 197 países empenhad...
Governo do Amazonas inicia processo de licitação para construir três novos presídios no interior do ... Foto: Stéfany Seixas/ SeapPor determinação do governador Amazonino Mendes, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) encaminhou à Comissão Geral de Licitação (CGL) processos para abertura de certame visando a contratação de empresas especializad...
Uma surpresa Eis senão quando, vejo-me “autor”. Conto como ocorreu o fenômeno: agindo à sorrelfa, numa trama digna de “thriller” cinematográfico, meus quatro filhos reuniram alguns destes escritos que eu cometo semanalmente, convenceram uma editora e publicaram o conjunto em forma de um ...
Arthur defende liberação da maconha, homossexuais e privatização. E pode renunciar em abril Arthur está de boltanao belho estilo que polemiza e inquietaA Revista Exame, da Editora Abril, coloca o prefeito Arthur Virgílio entre os que renunciarão em abril de 2018. O jornal espanhol El País é mais contundente. Mostra um Arthur que defende da privatização total à...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook