Boatos de acordo Liliane-Braga, a estratégia de David Almeida para reajustar salários dos policiais e a impugnação de Rebecca

Liliane (direita) escolheu Rebecca como alvo

O boato do dia, em torno da eleição, é o de que a candidata Liliane Araújo teria acertado com Eduardo Braga para atacar Rebecca Garcia, no debate de amanhã (03/08), na TV Amazonas. A prova, uma foto de suposta conversa no whatsapp, é frágil. Essas conversas são falsificadas a torto e a direito. Há até um desmentido, circulando nas redes. Mas a prova dos nove é o debate. Se Liliane atacar Rebecca, como já ensaiou na Band, estará demonstrado que o acordo existe. Sempre restará alguém para dizer que a candidata tem o direito de atacar, embora ninguém tenha tido coragem, até agora, de apelar para a baixaria dos ataques à vida pessoal. Rebecca que se prepare.

 

Impugnação de Rebecca

O que há de verdade na impugnação de Rebecca Garcia? A coligação de Liliane Araújo e ela própria, como parte interessada, impugnaram o registro do vice-governador na chapa de Rebecca, o vereador Felipe Souza (Podemos, ex-PTN). O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) ainda vai julgar essa impugnação. Se indeferir o registro da candidatura, Felipe puxa a chapa para fora do pleito por falta de tempo hábil para substituí-lo.

 

Impugnação de Rebecca (2)

Há vários argumentos na impugnação. O principal é que o ex-vice de Rebecca, Abdala Fraxe, foi indeferido como ficha suja no dia 25/07 e Felipe Souza o substituiu no mesmo dia. Ocorre que o trânsito em julgado por desistência do candidato ocorreria somente dia 28/07. Naquele dia (28/07), Abdala desistiu formalmente de recurso contra o indeferimento. A coligação de Liliane Araújo alega que Felipe não pode ser candidato porque entrou quando o cargo ainda não estava vago. Felipe, além do mais, seria administrador e gerente de uma empresa credora ativa da administração pública, o que é vedado aos candidatos. O julgamento desse recurso será um panavueiro.

 

Julgamento

Felipe Souza tem até sete dias para apresentar defesa. O TRE-AM escolheu como relatora do processo de impugnação dele a juíza federal Marília Gurgel Rocha de Paiva e Sales.

 

O reajuste dos policiais

O governador David Almeida deu um nó na legislação para permitir o reajuste salarial dos policiais militares. A promessa era antiga. Veio da campanha de José Melo. O clima na tropa estava ficando insuportável e o governador impedido, devido à eleição suplementar, de conceder o reajuste. Foi então que surgiu uma viagem para Brasília e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Flávio Pascarelli, que não é político, assumiu como governador interino, assinando a homologação do reajuste. Resolvido o problema. Foi um nó ou pura coincidência? Vá saber.

 

Com fato e sem fato

Na reta final da campanha para governador, Amazonino se viu no meio do boato de que teve problemas de saúde em Itacoatiara e desmentiu dançando forró em Maués. Rebecca apareceu muito bem nas pesquisas, motivando a militância. O único que ficou sem fato novo foi Eduardo Braga.

 

Choque de navio e balsa

O choque de um navio cargueiro com balsa da empresa Bertolini, nas proximidades de Óbidos (PA), com nove pessoas desaparecidas, é demonstração cabal das fragilidades a que está exposta a navegação na Amazônia. A falta de segurança, por exemplo, faz com que assaltos às embarcações sejam comuns. O mais incrível é que o modal é responsável por praticamente todo o abastecimento dos Municípios interioranos na região. O abandono denuncia a falta de visão da administração pública – municipal porque não reclama como deveria, estadual idem e pela insegurança e federal devido à falta de atenção a essa região tão cobiçada internacionalmente.

 

Aniversário de Coari

Coari, no Médio Solimões, completa 85 anos nesta quarta (02/08). Privilegiada pela província gasopetrolífera de Urucu, que rendeu polpudos royalties quando o barril de petróleo bateu recordes de preço, a cidade não conseguiu transformar tal benesse em qualidade de vida ou desenvolvimento. Cresceu, mas desordenadamente, ampliando índices de violência e o favelamento da população. Chegou a atrasar salários do funcionalismo municipal. A história recente da cidade mostra o prefeito Adail Pinheiro cassado, por diversos crimes, mas com força política para eleger com folga o atual prefeito, Adail Filho. Coari, parabéns pelo aniversário, mas é hora de os teus filhos se levantarem para corrigir o que está errado. Que se revelem os líderes ou que nasçam, se ainda não nasceram, mas ainda veremos a face que teus filhos merecem. Sorte, Coari.

Veja também

Manaus vai sediar encontro da ANS sobre regulação de Planos de Saúde A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está preparando mais uma edição do Encontro ANS, evento direcionado aos agentes do setor para discutir temas relacionados à regulação do mercado de planos de saúde. A atividade ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de novembro, em Ma...
Amazonas é destaque no encerramento da COP23, na Alemanha  O “Amazonas for the planet program”, lançado pelo Governo do Amazonas na 23ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP23), em Bonn, na Alemanha, foi destaque nesta sexta-feira (17/11), no encerramento do evento. Com a participação de 197 países empenhad...
Governo do Amazonas inicia processo de licitação para construir três novos presídios no interior do ... Foto: Stéfany Seixas/ SeapPor determinação do governador Amazonino Mendes, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) encaminhou à Comissão Geral de Licitação (CGL) processos para abertura de certame visando a contratação de empresas especializad...
Uma surpresa Eis senão quando, vejo-me “autor”. Conto como ocorreu o fenômeno: agindo à sorrelfa, numa trama digna de “thriller” cinematográfico, meus quatro filhos reuniram alguns destes escritos que eu cometo semanalmente, convenceram uma editora e publicaram o conjunto em forma de um ...
Arthur defende liberação da maconha, homossexuais e privatização. E pode renunciar em abril Arthur está de boltanao belho estilo que polemiza e inquietaA Revista Exame, da Editora Abril, coloca o prefeito Arthur Virgílio entre os que renunciarão em abril de 2018. O jornal espanhol El País é mais contundente. Mostra um Arthur que defende da privatização total à...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook