Aumenta número de jovens hipertensos e alimentação é uma das causas

No Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, 26 de abril, especialistas alertam para alguns cuidados com a saúde que podem fazer diferença no combate à doença

Um estudo publicado pela Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, constatou que 20% dos jovens americanos – com idades entre 24 e 32 anos – têm hipertensão. Metade dessa população sequer sabe que sofre do problema. E engana-se quem pensa que os dados são uma realidade estadunidense: o número alarmante revela tendências similares também em outros países.

No Brasil, segundo números do Ministério da Saúde, pelo menos 17 milhões de brasileiros têm um fator em comum: sofrem de hipertensão. E esse número deve aumentar bastante nos próximos oito anos. Até 2025, o número de pessoas com pressão alta em países em desenvolvimento deverá crescer 80%, de acordo com pesquisa da Escola de Economia de Londres, do Instituto Karolinska (Suécia) e da Universidade do Estado de Nova York.

Há um consenso entre os médicos de que os novos hábitos de vida, sedentarismo, o excesso de obrigações e, consequentemente, o stress, têm parcela considerável de culpa na elevação desses índices.

“As pessoas estão se alimentando cada vez pior. O acesso mais fácil a refeições rápidas ou os chamados fast food, e a alimentos altamente industrializados inseriram na dieta das pessoas quantidades abusivas de sal sem que elas percebessem”, esclarece o cardiologista e diretor de relacionamento com o mercado do Sabin, Anderson Rodrigues.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que uma pessoa adulta deva ingerir menos de 5g de sódio diariamente. A grande preocupação atual é: brasileiros ingerem mais que o dobro disso, ou seja, 12g de sódio por dia. Se as pessoas consumissem menos sal no dia a dia, o Ministério da Saúde estima que pelo menos 1,5 milhão de brasileiros não precisariam controlar a pressão alta com medicamentos.

A hipertensão é detectada de forma simples, basta fazer medição com um aparelho de aferir pressão. Pelo fato de ser uma doença silenciosa, as pessoas costumam não procurar um médico para fazer o acompanhamento rotineiro, mas somente quando estão com algum sintoma. A doença é diagnosticada quando a pressão arterial está acima de 14 por 9 e é considerada grave se passar de 18 por 11.

Existem exames laboratoriais de rotina que podem ser utilizados para avaliar ainda melhor os hipertensos, como: análise de urina, potássio plasmático, creatinina plasmática, glicemia de jejum, perfil lipídico e ácido úrico.

“É necessário que o paciente promova mudanças no seu estilo de vida. Como por exemplo, adotar uma dieta rica em frutas, cereais integrais; realizar atividade física regularmente; reduzir a circunferência abdominal; não fumar, aferir a pressão arterial com regularidade. Quanto ao sal: ler, atentamente, os rótulos dos alimentos industrializados, retirar o saleiro da mesa na hora do almoço, lembrar do limite de 5g/dia (correspondente a uma colher de chá de sal)”, recomenda o cardiologista.

 

 

Veja também

PF deflagra operação em Belém, São Paulo e AM de combate ao tráfico internacional de drogas A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (21) a Operação Mundurucus, no Pará, na capital Belém, e nos Estados de São Paulo e Amazonas. Participam da operação 100 policiais federais. A ação visa desarticular uma rede de tráfico internacional de drogas. De acordo com ...
Mário Aufiero garante que devolveu carros em 2015, mas blindado só dia 3/12, quando Casa Militar deu... Delegado afirma que devolveu os carros, inclusive um blindado que usou dois anos após deixar Delegacia Geral. Foto: ArquivoO delegado Mário Jumbo Aufiero afirma que devolveu os dois carros, sob guarda do Governo do Amazonas, que estavam em seu poder. Um deles, um Kia So...
Descartada raiva em paciente do rio Unini e menina, grave, tem ‘encefalite viral’ O resultado do exame do liquor – líquido cefalorraquiano – colhido do paciente adulto de 44 anos internado na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) deu negativo para encefalite viral. A informação é do infectologista da FMT-HVD, Antonio Magel...
Delegado Aufiero usa carros apreendidos e Casa Militar denuncia que não quer devolver Ex-delegado Mário Aufiero está sendo cobrado pelo uso e por não devolver ao poder público dois carros. Um deles foi apreendido com o traficante "Piu-Piu", em 2013, um Kia Sorento. Foto: ArquivoO comissário da Polícia Civil, delegado Mário Jumbo Miranda Aufiero, e presid...
Confira os serviços essenciais que estão funcionando nesse feriado Dia da Consciência Negra Foto: ReproduçãoO Governo do Amazonas informa que manterá os serviços essenciais, nas áreas de saúde e segurança, nesta segunda-feira, 20 de novembro, feriado pelo Dia da Consciência Negra. O expediente em todos os órgãos do Estado retornará à normalidade na terça-feira...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook