Campanha contra a gripe tem público alvo de 940 mil pessoas no Amazonas

MANAUS - 09-05-2015 VACINAÇÃOFOTO: ARLESSON SICSU / SENCOM

O Amazonas participa neste sábado (30/04) do Dia D de Vacinação contra a Influenza, que acontece em todo o País e marca o início da campanha, que se estenderá até 20 de maio. De acordo com o secretário estadual de saúde, Pedro Elias de Souza, a capital e todos os municípios do interior já estão abastecidos com as vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, para a ação. No Estado, a estimativa é de que 940 mil pessoas integram os grupos prioritários definidos pelo Ministério como público-alvo da campanha. Deste total, 396.970 estão na capital e 543.030, no interior. A meta é imunizar, ao menos, 80% desta população.

“Estamos recomendando a todas as prefeituras e suas secretarias municipais de saúde que se engajem e busquem realizar todos os esforços para assegurar uma ampla cobertura vacinal desses grupos prioritários”, afirmou Pedro Elias. O secretário destaca que os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde para receber a proteção contra a gripe incluem as pessoas com 60 anos ou mais de idade; crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); as gestantes; as puérperas (até 45 dias após o parto); os trabalhadores de saúde; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Ele salienta que as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de todo o estado estarão funcionando no sábado, das 8h às 17h, para vacinar este público. Na capital, a vacina estará disponível nos Centros de Atenção Integral à Criança e à Melhor Idade – os CAICs e CAIMIs, da Secretaria Estadual de Saúde (Susam). Em Manaus, segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), estarão funcionando, no sábado, 962 postos de vacina que, incluem, além das salas de vacina das UBSs, centenas de postos extras, montados em locais de grande circulação de pessoas.

O diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque, explica que, como nos anos anteriores, a vacina disponibilizada na campanha inclui a proteção contra o vírus Influenza A/H1N1. Ele observa que a estratégia de vacinação contra a Influenza foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações em 1999, com o propósito de reduzir internações, complicações e mortes na população-alvo para a vacinação no Brasil.

A FVS-AM reforçou as orientações à população para que mantenha os cuidados com a higiene, como a lavagem das mãos ou o uso do álcool gel, e que evite lugares fechados, de muita aglomeração.

Veja também

Raiva é apenas um dos problemas do rio Unini. Há um surto de malária também, revela bióloga do ICMBi... Membros do projeto Jovens Protagonistas, do Governo Federal, na comunidade do rio UniniAna Figueiredo, 38, bióloga, há seis anos chefe da Reserva Extrativista (Resex) doUnini, começa esta entrevista ressalvando: "Escreve aí que a comunidade onde aconteceram os ataques d...
Prefeitura de Manaus vai contratar empresa de estágio para ofertar 2 mil vagas A Prefeitura de Manaus lançou edital para contratar empresa especializada no recrutamento e seleção de estagiários de nível médio e superior para atender as necessidades das secretarias e demais órgãos da administração municipal. O credenciamento das empresas interessada...
Foragidos do sistema prisional que atuavam como flanelinhas são presos no Centro de Manaus Robson da Silva Chaves, 31, e Denilson de Azevedo Lima, 37, respondem, respectivamente, por tráfico de drogas, associação ao tráfico e roubo. Foto: Roberto CarlosA Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) prendeu, na manhã deste sábado (16/12), dois homens f...
Policiamento ostensivo na cidade seguirá até o Carnaval, garante Amazonino Até o Carnaval de 2018, em fevereiro, todas as zonas de Manaus estarão cobertas pelo policiamento ostensivo que faz parte da nova política de segurança pública implementada pelo Governo do Amazonas. O anúncio  foi feito na manhã deste sábado (16/12) pelo gove...
Em 2018, horário de verão começará após as eleições e será mais curto O presidente Michel Temer um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a valer no primeiro domingo de novembro. Este ano, o horário de verão está em vigor desde o terceiro domingo de outubro.A data do final não fo...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook